sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Desamparados...





Porque me desamparaste?
Lá estava " Ele"...
Se sentindo frágil...uma angustia insuportável....então clamou aos céus...
" E perto da hora nona exclamou Jesus em alta voz, dizendo: Eli, Eli, lamá sabactâni; isto é, Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste? Mateus 27: 43
Todo céu...a turba estava em silencio...
O mundo celestial estava atento...com o olhar voltados para a cruz...
Será que Deus o havia "DESAMPARADO"?

Quantas vezes não nos sentimos assim... desamparados ?

Domingo estava em Foz do Iguaçu quando o telefone toca ....era meu marido do outro lado da linha...disse que o filho de uma amiga acabará de falecer e estava se dirigindo até a casa deles para ajudar.
Naquele momento me bateu uma tristeza tão grande, lembrei das minhas perdas recentes, da minha tia. 
Não consegui conter minhas lagrimas. Na minha cabeça só passava uma coisa.
Meu Deus.... como deve estar se sentindo essa minha amiga nessa hora?
Que noticia  terrível para uma mãe receber... perder um filho...
O Carlinhos estava com  apenas 28 anos, casou-se a dois anos e tinha uma linda filhinha de 1 ano e meio. Estava indo entregar um pedido e bateu o carro próximo de sua casa , como estava sem cinto de segurança, com o impacto  foi lançado fora e quebrou o pescoço... morreu na hora.

Segunda feira saí muito cedo de Foz... quase 6 horas de viagem , cheguei e fui ao velório . Quando me aproximei... minha amiga me abraçou e ficamos ali por alguns momentos abraçadas próximas ao Carlinhos...
Lagrimas.... dor... tristeza...
Que cena mais triste....Uma mãe abatida...quase sem forças...mal conseguia ficar de pé...
Me perguntou:
Porque Ana? Porque isso tinha que acontecer?
O que vai ser da minha vida agora? O que vou fazer sem o Carlinhos?
Minha vida acabou.... Eu não estou aguentando tanta dor...a dor  é muito grande...
Naquele momento a única coisa que podia fazer era abraçá-la, chorar junto e deixar desabafar e falar tudo que estava sentindo....

Quantas vezes em nossas vidas não   nos perguntamos: Porque?
Porque me desamparaste meu Deus?
Existem coisas que estão além da nossa compreensão e por mais que nos esforcemos não conseguimos entender...
Surgirão dias que nos sentiremos desamparados  por não suportar o sofrimento, a dor...
Você poderá achar que Deus te abandonou...
Que Ele não se importa...
Mas esse mesmo Deus sofreu a dor de ver seu filho pagar por nossos pecados, sofreu ao ver ser filho ser humilhado, abandonado e morto numa cruz...
Imagine se naquela hora em que Jesus suplicou...
Pai se possível passa de mim esse cálice...
Imagine se Deus atendesse o pedido:
O que seria de nós? Hoje não teríamos a esperança de um novo céu e uma nova terra....
Tudo tem um propósito e o propósito de Jesus era morrer para que fossemos libertos do pecado e pudéssemos ser herdeiros do reino.
Era necessário o sacrifício....
Eu sei...
Nós  não estamos desamparados...
Confio no Deus da promessa....
Sei que existe uma  terra prometida...
Onde não existira mais lagrimas... onde não precisaremos nos separar das pessoas que amamos...
Até lá tudo que nos resta é ter fé e confiar em suas promessas:

E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também. 
João 14:3


Ana Lucia Steiner
31/08/2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário