quarta-feira, 13 de abril de 2011

O único silêncio que perturba, é aquele que fala.



O único silêncio que perturba,   é aquele que fala.    
E fala alto.
É quando ninguém bate à nossa porta,  não há emails na caixa de entrada
não há recados na secretária eletrônica, 
e mesmo assim, você entende a mensagem.
É mil vezes preferível uma voz que diga coisas
que a gente não quer ouvir,
pois ao menos as palavras que são ditas
indicam uma tentativa de entendimento.



Como disse Martin Luther King:
"Nossas vidas começam a terminar no dia em que permanecemos em silêncio sobre as coisas que importam."

2 comentários:

  1. É, as palavras podem ferir, mas o silêncio pode ser muito mais mortal...

    ResponderExcluir